Boquinhas no Desenvolvimento Infantil: pré-requisitos para uma alfabetização segura e oficina com jogos de Boquinhas

A educação brasileira com a alteração para o ensino fundamental de nove anos abriu margem para a consolidação da grade curricular, de maneira a solidificar e aprofundar as aprendizagens e a educação continuada (UNESCO, 1999). Mas esse avanço somente se consolidará quando a Educação Infantil estiver em sintonia com esta proposta, ou seja, oferecer aos alunos as verdadeiras bases que o desenvolvimento infantil necessita, para que se viabilizem os conteúdos alfabetizantes e construtivistas que se seguirão, podendo, finalmente, letramento e alfabetização serem solidários (Soares, 1998; Tfouni, 1995).

Todo educador consciente percebe que a fase preparatória é o alicerce para uma educação de qualidade, e hoje vimos um importante progresso de conscientização nacional, em que os educadores se fazem ouvir, mostram suas carências, e vão em busca de qualificação, propondo capacitações de seus interesses e necessidades, em que Boquinhas tem feito parte (Jardini, Ruiz, 2011).

A parceria entre a Fonoaudiologia e a Pedagogia tem trazido ganhos aos estudantes e à educação em geral com resultados rápidos e consistentes, enquanto complementação de saberes, necessários ao ensino/aprendizagem de áreas que envolvem tanto linguagem como educação, como é o caso da alfabetização (Moojen, 2009).

A proposta atual de Boquinhas no Desenvolvimento Infantil é favorecer a aquisição da leitura e escrita, em estágios iniciais desse desenvolvimento, com crianças de 4 a 6 anos, oferecendo-lhe subsídios consistentes e diversificados, com enfoque multissensorial, fono-vísuo-articuatório, ou seja, som/letra/boquinha. É fundamental que o educador conheça os sons da fala (fonemas) e suas respectivas Boquinhas (articulemas), bem como os processos de consciência fonológica, fonêmica, processamento auditivo e visual, coordenação vísuo-motora, orientação vísuo-espacial e desenvolvimento cognitivo, para que possa promover o início do aprendizado da leitura e escrita, bem como detectar os possíveis desequilíbrios, a fim de planejar a mediação preventiva.

O jogo constitui um mediador, por meio do qual a criança vai se expressar, e promove o fechamento necessário à aprendizagem, efetuado pela triangulação dos saberes cognitivo/emocional/social (Macedo, 2000; Condemarin, Gorostegui e Milicic e 2004), onde as funções neurolinguísticas são o ponto focal. Os aspectos afetivo-sociais e morais estão implícitos nos jogos, pelo fato de exigir relações de reciprocidade, cooperação, respeito mútuo (Brenelli, 2001), e Boquinhas têm se apoiado nessa ferramenta como fator primordial de trabalho e auxílio para as salas de aula. Como continuidade, o trabalho se desenvolverá no sistema de mentoring, em grupo de estudo de 3 meses por Whatsapp, com um mentor Multiplicador de Boquinhas, para aprofundamento dos conteúdos abordados no curso e mediação da prática.

O Método das Boquinhas, aprovado como Tecnologia Educacional pelo MEC em 2009/2010 e 2011/2012 é de fácil aplicabilidade e compreensão e já tem sido utilizado em salas de aula com todas as crianças, alunos comuns e outros com necessidades especiais, trazendo grande e positivo impacto sobre os resultados na aprendizagem e autoestima do professor e do aluno. Resultado semelhante tem sido observado na terapêutica clínica.

Idealizadora do Método: Dra. Renata Savastano Ribeiro Jardini

Dra. pela UNICAMP/Campinas, Faculdade de Ciências Médicas (2007), Mestre (2004) pela mesma instituição e departamento; Psicopedagoga pela UNICEP/São Carlos (2004); Fonoaudióloga pela UNIFESP/São Paulo (1981).

Ministrante:

Viviani Guimarães

Público Alvo:

Professores de educação infantil, ensino fundamental, pedagogos, psicopedagogos, psicólogos educacionais, fonoaudiólogos envolvidos com a educação.

Objetivo Geral:

Proporcionar desenvolvimento e aperfeiçoamento aos profissionais.

Objetivos Específicos:

  • Conhecer o desenvolvimento neuropsicomotor normal de uma criança;
  • Conhecer as alterações mais comumente apresentadas;
  • Conhecer os pré-requisitos necessários à aquisição do letramento;
  • Conhecer os padrões fono-vísuo-articulatórios (fonema/grafema/articulemas);
  • Aplicar Boquinhas no Desenvolvimento Infantil, favorecendo a aquisição da leitura e escrita;
  • Jogar e vivenciar os jogos de Boquinhas, conhecendo a performance esperada para diferentes faixas etárias.
  • Participar do grupo de mentoria (Whatsapp) com aprofundamento teórico e assistido da prática.

Conteúdo Programático:

1º módulo:

  • O desenvolvimento infantil, neurológico e psicossocial;
  • A disciplina e limites em sala de aula;
  • Os pré-requisitos neuropsicológicos para a aquisição do letramento;
  • O treino da consciência fonológica/fonêmica/fonoarticulatória;
  • Pressupostos teóricos do Método das Boquinhas;
  • O trabalho dos articulemas (Vogais e L-P-V-T) e consciência fonoarticulatória;
  • Vogais: passagem da hipótese pré-silábica para silábica;
  • 1ª oficina: Conhecer os objetivos e usos dos Jogos.
    • Dominó de Vogais;
    • Loto de Vogais;
    • Memória de Letra Inicial;
    • Memória de Sílaba Inicial.

2º módulo:

  • O trabalho dos articulemas (M-B-N-F-D) e consciência fonoarticulatória;
  • O processamento auditivo central;
  • Consoantes: passagem da hipótese silábica para silábica-alfabética;
  • 2ª oficina: Conhecer os objetivos e usos dos Jogos.
    • Remata;
    • Dominó de Sílabas Complexas;
    • Loto de Consoantes e Categorias Semânticas;
    • Rimas 7 em 1.

3º módulo:

  • O trabalho dos articulemas (C/QU-R/RR-G-r-J-S-X-Z-LH-NH) e consciência fonoarticulatória.
  • O processamento visual central;
  • As habilidades visuotêmporo-espaciais;
  • O desenvolvimento cognitivo;
  • O erro como processo da aprendizagem;
  • 3ª oficina: Conhecer os objetivos e usos dos Jogos.
    • Boca Certa;
    • Troca-Bocas;
    • Aplicativos de Boquinhas.

4º módulo:

  • O processamento vísuo-motor central;
  • A coordenação motora e o traçado das letras;
  • Conhecer a performance dos jogos esperada para diferentes faixas etárias;
  • Conhecer os possíveis desequilíbrios, associando-os aos déficits esperados;
  • Discutir novas formas de utilização dos jogos.
  • 4ª oficina: Conhecer os objetivos e usos dos Jogos.
    • Jogo Lince de Boquinhas.

Grupo de Mentoria - WhatsApp:

  • Estudo sequencial e aprofundado dos conteúdos abordados no curso;
  • Discussão e assistência na prática dos alunos.

Metodologia:

Aulas expositivas teóricas e oficinas práticas do conteúdo apresentado e acompanhamento pós curso em mentoring.

Recursos Necessários:

  • Sala ou auditório com cadeiras;
  • Projetor datashow com micro computador;
  • Sistema de som para microfone e multimídia;
  • A Autora disponibiliza a Apostila Digital, este que o contratante deverá enviar aos participantes matriculados no curso, até 1 semana antes do evento acontecer.
  • Certificado Digital registrado e validado em nossa empresa.

Cronograma:

A ser definido de comum acordo entre as partes envolvidas, num total de 50 horas, sendo 16 presenciais. Certificado de 50 horas.

Empresa:

Boquinhas Aprendizagem e Assessoria Ltda – ME, estabelecida a Rua Hermínio Pinto, nº 6-38, Jardim Higienópolis, Bauru / SP – CEP: 17.013-201 CNPJ: 09.508.047/0001-35, Inscrição Municipal 513875 e Inscrição Estadual 209.445.841.111.